Ivone Leão

Amigos

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Decreto do dia 30 de junho

Todo dia 30 de Junho assim, como, o dia 31 de dezembro, grandes seres espirituais recebem pedidos de melhora para os setores da vida que não estão indo bem. Cada um de nós, devemos conhecer nosso mais íntimo como bem diz a antiga frase, conhece-te a ti mesmo e a verdade vos libertará.

Não importa qual sua crença religiosa, faça uma conexão com sua verdade espiritual, pode ser Jesus, Virgem Maria, um Caboclo da Umbanda, pois na verdade todos são energias de Amor, a mais pura fonte que emana do Criador do universo. Para o ocidente Deus pai, para o oriente, Deus mãe pai.

É chegado o tempo de derrubarmos os muros dos preconceitos, da dualidade ego centrada e nos abrirmos para a universalidade libertadora. Todos nós viemos da mesma fonte amorosa do universo, o milagre da vida. Nenhum de nós, entendemos bem como podemos de uma célula nos multiplicarmos e formarmos um corpo humano com todas as suas características que nos capacitam para a experiência da vida na terra, nenhum de nós entende bem como se deita uma semente sob o solo e colhemos tomates, escarolas, mangas, rosas em uma infinidade de aromas, sabores, nutrientes e formas.
Portanto façamos a nossa parte, pois o Criador já fez a dele, nos trouxe até o útero de nossa mãe ajudado pelo amor de nosso pai a quem devemos agradecer profundamente, pois sem eles não estaríamos aqui neste momento.

Quando fazemos um pedido em oração estamos liberando nossos guias amorosos a nos auxiliar no alcance de nossos objetivos mais íntimos, portanto a prece, a meditação são veículos fundamentais para que se faça uma conexão profunda com a fonte não material da Vida.

E hoje, dia 30 de Junho de 2016, use dessa ferramenta para abrir espaços ocultos de seu caminho fazendo uma conexão intima com a amorosidade universal que não pede nada além de um coração franco se abrindo num pedido puro de intenções.

Faça assim...

Escolha um lugar silencioso que possa ficar por alguns momentos em paz consigo mesmo

Realize algumas respirações bem significativas, encha o pulmão de ar, segure conte até quatro e expire esvaziando bem, segure contanto até quatro, e inspire outra vez, faça isso por quatro vezes... Pegue um papel.

Faça uma pequena prece ao seu amado espiritual. 

Agora escreva, deixando sair tudo o que vem guardando a muito tempo, procure não deixar ser interrompido por criticas de si mesmo, apenas deixe a caneta e o papel colocarem pra fora o que vem deixando pra trás de suas reais necessidades para uma vida equilibrada e mais feliz.
Se tiver dificuldades no inicio, simplesmente escreva que está tendo dificuldades em expressar e continue escrevendo até que aos poucos as palavras mais profundas vão fluir até serem todas escritas nesse documento espiritual que será recebido pelos seres amorosos do universo.

Após escrever, faça mais uma prece de proteção a seus ideais com a simplicidade de uma criança, logo após queime este papel a fim de soltá-lo ao ventre do universo.

Confie, tenha Fé! As maiores ciências que precisamos exercitar são; a Fé, o Amor e a 
Caridade com o próximo e a si mesmo.

Um grande e iluminado abraço neste dia tão especial.

Ivone Leão,
Amor à Vida!


Um clássico maravilhoso para equilibrar...







sábado, 18 de junho de 2016

Estresse do frio


Nesse inverno nossas necessidades nutricionais são diferentes, devido às demandas energéticas maiores que, se não atendidas, podem causar diminuição da imunidade. O que ocorre é um aumento de cortisona no sangue, em resposta ao estresse do frio, que compromete a função imunológica e acelera os mecanismos de assimilação. Portanto a origem das doenças do frio pode estar relacionadas a uma alimentação inadequada.

A orientação é consumir 80% de alimentos quentes, não consumir frutas tropicais e muito menos sucos que são altamente concentrados e pesquisas comprovam que seu uso aumenta o risco de câncer de pulmão. O correto é comer a fruta e no clima frio usar em pequena quantidade escolhendo a de época, aquecida e de preferência com um pouco de canela e castanha moída, além de saboroso fornece calor o corpo.
As sopas também são muito bem vindas em tempo frio, ricas em sais minerais podem ser preparadas com uma base de feijão processado no liquidificador, acrescentando legumes e verduras verdes como couve, agrião, além de deliciosas ativarão o sistema gastro intestinal.

Existe um mito de que no inverno ganhamos peso, mas isso com certeza não é obrigatório, troque as gorduras de origem animal e láctea pelas contidas nos próprios alimentos de origem vegetal, além de metabolizarem de forma harmoniosa com nosso organismo ainda ativam nosso sistema imunológico.
Use sementes e castanhas como a do pará, de cajulembre-se também do pinhão e do amendoim tão comuns nesse tempo de festa junina e muitas vezes desvalorizados. Estamos num Brasil de tantos sabores, amplie seus horizontes além das prateleiras de embalagens coloridas, assim você se sentirá melhor com toda a certeza, com peso correto, o sangue limpo de impurezas que acarretam tantas doenças!!!
Boa alimentação e saúde!!
Ivone Leão, publicação de 18/06/2011 e totalmente atual!

Orientações pautadas no livro 'Alimentação que evita o câncer e outras doenças, Dr. Sidney Federmann'

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Pirâmide Alimentar



Preparei uma breve descrição da Piramide Alimentar que evita doenças que eu acredito seja o primeiro passo para o equilíbrio da saúde.

Essa pirâmide é elaborada a partir de alimentos que entre si nutrem o organismo de minerais, vitaminas, proteínas que estimulam a boa imunidade.
Eu uso essa linha de alimentação desde 2011 quando entrei em contato com o trabalho do Dr. Sidney Federmann que é pautado em 90 anos de pesquisas realizadas ao redor do mundo e creia eu tenho uma saúde impecável e meu trabalho já ajudou há muitas pessoas a ter um organismo saudável livre de doenças crônicas através de ações naturais.

Após encontrar a pirâmide alimentar proposta pelo Dr. Sidney passei a me dedicar ao estudo da alimentação como forma de prevenir doenças e é um amor verdadeiro a minha relação com meu trabalho que além da alimentação conta com conhecimento de técnicas de respiração, relaxamento, meditação, movimentos iogues, conhecimento da fisiologia humana que é fundamental para a compreensão do funcionamento do organismo e a partir desse conhecimento traçar caminhos para a revitalização da saúde!

Este ano estou fazendo Nutrição Ayurveda (parte da ciência milenar da Índia).





Um abraço
Ivone Leão
Amor a Vida!

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Ayurveda uma ciência integral

Sou uma apaixonada pelas sabedorias milenares da Índia, e muito cedo entrei em contato com os ensinamentos de Paramahansa Yogananda pioneiro ao promover a prática da meditação por meio das lições que os estudantes recebiam em casa, pelo correio, para cumprir a sua missão mundial de difundir as técnicas de Kriya Yoga.

Paramahansa Yogananda teve sua história de vida imortalizada no best-seller Autobiografia de um Iogue que traz conhecimentos extraordinários de uma forma de vida espiritualizada e em comunhão com todas as coisas do céu e da terra.


Dessa forma levei nas minhas relações o norte amoroso da espiritualidade e mais tarde tive a sorte de encontrar um curso maravilhoso de ciência Ayurveda (ciência da medicina integral) que traz conhecimentos incontestáveis de que o homem de cinco mil anos atrás já detinha tecnologias para tratar a saúde de forma global realizando inclusive, cesarianas, implante de membros como o nariz e noções de assepsia e foi isso que me encantou e me encanta, ter um olhar sobre a saúde como um todo.

A Ayurveda é o ramo das sabedorias Védicas que trata da saúde e é a medicina tradicional vigente na Índia. Estou disponibilizando o meu trabalho de conclusão do curso para você que tem interesse no assunto.

Clique no link abaixo e baixe o conteúdo de minha conclusão de curso.


Grande abraço,
Ivone Leão
Amor a Vida

segunda-feira, 28 de março de 2016

Retocolite ulcerativa

Meu trabalho é algo que realmente me dá muito prazer, tenho visto reversão de quadros onde o cliente tinha sua rotina comprometida por dores e situações que impediam uma vida estável e alegre onde já não sabia mais o que fazer. É o caso da minha cliente R. que sofria de retocolite ulcerativa, uma doença onde os tecidos do intestino ficam inflamados e perdem sua permeabilidade causando muita dor e desconforto, em especial essa cliente sofria de fortes dores abdominais, sangramento e diarreia constante prejudicando sua vida profissional, social e familiar, pois é uma doença restritiva devido a todos os efeitos que causam no organismo.

RETOCOLITE NÃO TEM CURA é o que dizem clique no link

Recebi seu primeiro contato em dezembro de 2015:


19-12-2015

"Bom dia Ivone.

Sou amiga de João Roberto xxxxxxxx, de Mogi Guaçu, ele estava me falando do trabalho que você desenvolve sobre alimentação e me passou seu contato, pois ele acha que você poderia me ajudar.
Tentei ligar em seu celular mas não consegui.
Tenho uma doença no intestino a 5 anos, chamada Retocolite Ulcerativa, e tenho passado por muitas crises desde que descobri, tenho a impressão que os remédios já não fazem mais efeito. 
Você dá algum tipo de atendimento, tem clinica? Gostaria de me consultar com você. "


Logo ao receber esse e-mail respondo passando imediatamente as primeiras instrução e posteriormente desenvolvi um PDF, onde explico fisiologicamente como a doença se instalou, preparando um farto cardápio onde explico as propriedades dos alimentos indicados e como prepará-los além de exercícios de físicos bioenergéticos e neuro-sons. É um trabalho abrangente onde ocorre um realinhamento nos vários setores da vida.

Como disse ela me chegou em dezembro e como era tempo de festas demorou um pouco para que ela pudesse aplicar as orientações, que foi fazendo gradativamente e como pode ver no e-mail abaixo não conseguiu ainda cumprir 100% do plano e mesmo assim as melhoras foram significativas o que deixou muito contente.

23-03-2016

Oi Ivone, tudo bem?
Acredita que pensei em você ontem??
Ia te mandar uma mensagem ontem falando as novidades, mas recebi visita e depois ficou muito tarde. 
Consegui uma boa melhora, a infecção acho que esta passando, já não tenho as crises de diarreia nem os sangramentos. O funcionamento do intestino está voltando ao normal.
Tenho ouvido seu áudio e relaxado mais.
Não consegui me adaptar totalmente ao cardápio, mas tenho mantido boa parte de tudo que você me recomendou.  A parte dos sucos então, eu adorei quase todos. Faço com frequência. 
Com o tempo vou melhorando uma coisa aqui, outra ali. 

Obrigada pelo seu empenho.
Já enviei seu vídeo para que eu veja em casa. 

Abraços

Realmente é algo muito gratificantes receber em tão pouco tempo uma mensagem como essa, e por isso compartilho com você para que saiba que é possível sim reverter quadros que muitas vezes pensamos ser impossível e graças a internet eu posso atingir pessoas que não tem como fazer um tratamento presencial.

Meu trabalho com terapias é fruto de muito estudo, pesquisas e dedicação e já vi resultados em várias áreas da vida de meus clientes, incluindo recolocação no caminho do sucesso profissional e pessoal pois é um trabalho holista, ou seja que abrange os vários setores da vida.

Não desista de você, não acredite em crises, e doenças crônicas, expanda sua consciência a Vida é generosa e a saúde é um direito de todos, basta estarmos dispostos a ela em todas as suas faces.

Um grande abraço.
Ivone Leão
Amor a Vida!

domingo, 27 de março de 2016

Vitamina D a revolução

Olá queridos leitores, hoje eu venho para disponibilizar informações a respeito do pró hormônio também conhecido como vitamina D que vem se mostrando eficiente no tratamento de inúmeras síndromes e doenças diversas de maneira eficiente. Apesar de eu conhece-la alguns anos ainda não havia organizado um material aqui no Blogue.

O que ocorre é que depois de décadas de um modelo sintético de medicação médicos, cientistas e terapeutas que reconhecem estarmos vivendo uma verdadeira epidemia de doenças autoimunes nas populações, inconformados com a falta de um tratamento e prevenção que vem inchando o sistema público de saúde e devastando famílias, apesar de forte represália da indústria estabelecida, acabam por vencer barreiras mostrando de maneira efetiva o resultado do uso com dosagens especificas.

No Brasil o Dr. Cícero Coimbra foi pioneiro ao defender um método de tratamento para diversos males através dela.

D um poderoso hormônio imunomodulador 
9 entre 10 pessoas tem deficiência

2013 a vitamina D e a esclerose múltipla






2013 a vitamina D e o mal de Alzheimer



Vitamina D a depressão e neuro degeneração como mal de Parkinson (2013)




Altas doses de vitamina D (2015)



Vitamina D e o Zica Vírus (2015)





Vitamina D no tratamento de vitiligo e psoríase site de Dr. Júlio Caleiro

Um estudo publicado em março de 2013, na revista Dermato Endocrinology, teve como finalidade verificar a eficácia e segurança no tratamento em longo prazo de altas doses de vitamina D3 em pacientes com psoríase e vitiligo.

O pesquisador Dr. Danilo C. Finamor, médico dermatologista, da Universidade Federal de São Paulo e sua equipe, recrutaram nove pacientes com psoríase e dezesseis com vitiligo, que receberam uma alta dose de vitamina D3 uma vez ao dia em um prazo de 6 meses, combinado com uma dieta pobre em cálcio e uma ingestão de água de no mínimo 2,5 litros por dia.

Todos os pacientes com psoríase foram avaliados de acordo com o Índice da Gravidade da Área Afectada pela Psoríase ” (PASI) no início do estudo e ao término do tratamento. O medidor PASI mede a severidade e a gravidade da psoríase. Após o tratamento, os níveis de vitamina D3 aumentaram significativamente. A pontuação PASI melhorou de maneira significativa em todos os nove pacientes com psoríase.

Quatorze dos dezesseis pacientes com vitiligo tiveram de 25 à 75% de repigmentação! A uréia sérica, creatinina e o cálcio (total e ionizado) não se alteraram e a excreção do cálcio urinário aumentou dentro do espaço de normalidade. Os autores concluiram:

“A terapia com altas doses de vitamina D3 pode ser segura e eficaz para pacientes com psoríase e vitiligo”.


Divulgue!

Um grande abraço 
Ivone Leão
Amor a Vida!

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Música


Apaixonada pela Vida, a música pra mim é verdadeiramente a melhor amiga da existência, mesmo aquelas rejeitadas por muitos tem seu papel na sociedade ou ao menos é o resultado de uma lógica de pensar vinda de fatores externos que formaram a visão daquele compositor. Fácil virar o nariz, belo observar as razões.

Cresci com som, me sinto recheada de letras e melodias, escuto música o dia inteiro, trabalho com música tanto nas minhas terapias como em minhas produções independentes para Rádio que fazem parte de minhas formas de expressão. Amo escrever, falar, tocar pessoas, respirar serenamente, olhar o céu, sentir o vento, encontrar caminhos e viver em comunhão universal de valores.

Penso a música como uma representante expressiva de sua época, ela descreve o que acontece na sociedade, retrata as formas de relações ocorridas naquele momento, não só nas letras, como nas melodias. Tenho uma amiga, a Graça, que me acha eclética, abrangente em minhas escolhas musicas, já que ela se percebe menos aberta para certos gêneros e temas,

Creio que meu amor pelo ser humano é a estrutura de tudo o que realizo na minha caminhada, não compreendida por muitos, o que é inevitável. Se não des+pré+conceitualizarmos o olhar oferecido para o outro tudo terá saídas cada vez mais estreitas e brutas.

Por vezes fico impressionada como algumas faixas mentais da sociedade não são capazes de pensar nos motivos que levaram a um tipo de caus, e encontrar uma forma de desconstruir aquela situação, oposto aceleram cada vez mais dentro da mesma lógica destrutiva.

Imagine a vida sem música, ela embora muitas vezes se pareça ruim, para um critério pessoal ou de uma coletividade, creia, tem uma razão de ser, melhor cantar do que não cantar, meninos e meninas que moram em favela e começam a criar um som e amigos gostam, pessoas gostam, enchem salões com ela e a 'geladeira lá de casa' como já ouvi um deles dizer já está valendo a pena, um a menos para loucura da criminalidade.



Se melhorarmos como seres sociais, na cultura, educação, amor, lazer, alegria, arte, tempo para estar com a família e amigos respeitar o outro sem preconceitualização, uma força incomum começa a ser gerada na relação de um pra um, um pra dois e assim por diante, quanto mais amarmos, mais potencializamos nossos centros de energia nosso sistema imunológico, endócrino, neural, trabalharam harmoniosamente, dormiremos bem elevando a qualidade do pensamento, emoções melhorando consequentemente todos os setores da Vida!

Da mesma maneira sabemos bem daqueles que se entopem de gorduras e barriga pra frente, existem os que pensam a Vida melhor para todos, eu sou um deles.

Ivone Leão
Amor a Vida!


"O saber se aprende com os mestres. A sabedoria, só com o corriqueiro da vida."

Cora Coralina a poeta de Goiás, é coisa nossa, seu legado.

Pela homenagem aos que fizeram a verdadeira história do Brasil.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Reflexões... Saúde humana!

Quando ocorre uma doença, é que algo em nosso sistema de vida foi corrompido, quando nos colocamos por maior ou menor tempo em exposição a fatores incompatíveis com nossa natureza última.

Somos seres vivos, precisamos de sol, vento, água e ar de qualidade, respiração correta, alegrias, uma pitada de desilusões, a partir da perspectiva de que nada mais é do que a desconstrução de um ideal construído a partir de nossas próprias expectativas em relação a algum objeto físico ou mental, emocional.

Precisamos de rotinas humanizadas, se conseguimos ver que os animais estão perdendo seu habitat natural, com os seres humanos não é diferente, perdemos nosso habitat natural, e muitos ainda querem terminar com a última espécie de sociedade humana que vive em comunhão com ele, os índios.

Sem entrar em maiores reflexões é bom lembrar que entre as sociedades indígenas e a praticada hoje como modelo globalizado encontramos variantes que possibilitam a qualidade harmoniosa de integração entre os reinos, já existem lugares assim agora neste momento, não é uma utopia.

Quando a doença vira uma síndrome e faz com que o corpo comece a se autodestruir perdendo a capacidade de decidir o que fazer com tanto lixo alimentar, químicos, emoções perturbadoras, geradas por esse modelo desumanizado, a possibilidade de sair de um estado de câncer por exemplo em definitivo é romper com o modelo sistêmico que vinha praticando na vida, e tomar providencias imediatas terapêuticas e medicinais que estejam engajadas nesse modelo de saúde e não associadas a indústria da doença e do remédio que se propõe a curar e não cura.

Todos os casos que eu estudei de cura ou remissão dos sintomas de síndromes ocorre a partir da ruptura das estruturas que vinham sendo praticadas e a adoção de uma concepção mais amplo da Vida.

"Conhece-te a ti mesmo e conhecerá o mundo!

Ivone Leão
Amor a Vida


domingo, 29 de novembro de 2015

Amparo Caridade e o câncer contiua


"Você sabia que a cada ano mais de 12, 7 milhões de pessoas no mundo são diagnosticadas com câncer e 7,6 milhões de pessoas morrem vítimas dessa doença? No Brasil, somente para este ano, são esperados quase 500 mil novos casos da doença.



Se nada for feito, haverá 26 milhões de casos novos e 17 milhões de mortes por ano em 2030. E a maior parte ocorrerá nos países em desenvolvimento. No Brasil, entre 2000 e 2007, os investimentos do Ministério da Saúde com a doença aumentaram em 20% ao ano, passando de R$ 200 milhões para R$ 1,4 bilhão, em 2007. O custo do câncer no mundo à economia global em mortes prematuras e invalidez, sem considerar os custos médicos, foi estimado em US$ 1 trilhão.

Por isso, a Declaração Mundial contra o Câncer é um instrumento para chamar a atenção de líderes governamentais, gestores de saúde e formadores de opinião para reduzir até 2020 a catastrófica abrangência da doença que ameaça as futuras gerações no mundo."


A Declaração representa o consenso entre governos do mundo inteiro, especialistas em saúde pública e defensores da luta contra o câncer comprometidos em eliminar esta ameaça à vida das futuras gerações."


Texto do Site da INCA Instituto Nacional de câncer José de Alencar Gomes da Silva


do inicio do ano de 2015.


Podemos ler no grifo em vermelho que o enfoque no custo do câncer à Saúde Pública é visível, e como pesquisadora do assunto e atuante na difusão das reais causas da 'epidemia' de câncer ao redor do mundo me preocupa a confusa abordagem sobre o assunto.


O valor humano que perdemos é incalculável como a morte da morte a psicóloga e psicoterapeuta Amparo Caridade morta em 2010 vítima de câncer,


Morreu vítima de um câncer, na manhã desta quarta-feira (30) (2010), no Recife, Amparo Caridade, psicóloga, psicoterapeuta e mestra em Antropologia. Professora adjunta da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), onde lecionava no Departamento de Psicologia, ela estava afastada das atividades profissionais para tratar a doença.

Mais do que autora de livros uma estudiosa e pensadora que deixou marcas na cultura humanista brasileira, a exemplo da qualidade do texto abaixo.

A dor e alegria de nascer

Amparo Caridade

Nascer, viver e morrer, não são momentos datados na vida, são processos que acompanham o existir do ser humano. Existimos enquanto corpos, enquanto sujeitos, enquanto totalidades. Enquanto corpo, nascemos um dia de um outro corpo, mas enquanto sujeitos, nascemos a cada dia, a cada realização, a cada descoberta, a cada gesto. Nascemos quando criamos algo, ou quando fazemos reparação de atos indevidos. Nascemos quando colocamos no mundo um novo ser.


Nascemos quando produzimos bem-estar. Nascer, não é apenas o ato de chegar ao Mundo, é um processo que se inicia aí, mas que só termina com a morte. Na verdade, nascemos, vivemos e morremos a cada instante. Viver, é também um processo, e ele não acontece apenas no ato físico de ter um corpo vivo. O corpo pode estar vivo, mas o sujeito pode ter sido sacrificado nele.


Vivemos como sujeitos quando somos nós mesmos, quando amamos o que fazemos. Vivemos nos projetos que temos, nas contribuições que damos à vida, ao mundo, às relações. Vivemos naquilo que construímos e deixamos atrás de nós, como ação fincada no solo da coletividade, como marca identitária da passagem que fizemos pelo planeta. Morremos quando o corpo deixa de viver, mas morremos sobretudo, nas negações que fazemos de nós mesmos, nas anulações do eu, nas derrotas da auto-estima, na banalização da vida.


A dor como a alegria tornam-se parceiras do existir, na costumeira solenidade do cotidiano, desde o nascer, o viver até o morrer. Esses processos são acompanhados de emoções intensas quando a elas nos permitimos. O bebê nasce em meio a dores e intensas alegrias, dos pais, dos familiares, dos avós. Quando o evento de um nascimento querido, acontece distante de nós, essas emoções invadem o imaginário numa presença totalizadora, numa proximidade quase alucinatória.


O telefone permite ouvir a voz, o choro, a floricultura faz presente a ternura, a internet deixa ver fotos de preciosos momentos. São mediadores desse universo encantado, mas não eliminam a expectativa, a espera do contato. À distância vivem-se as inquietâncias do ato de nascer, vivem-se as dores do parto, as contrações, respirações, num acompanhamento ansioso, numa espera quase interminável. Nascer dá trabalho. Otto Rank referia-se ao nascimento como sendo um momento traumático para o bebê. Mas, nascer também mobiliza, encanta, modifica os afetos, os sentidos o mundo e os outros.


O que acontece ao bebê, acontece também a cada um de nós, em cada nascimento que fazemos para uma etapa melhor do existir. O momento pode ser doloroso, mas também fértil e promissor de alegrias intensas. O mundo da imaginação fútil postula que a vida seja sem dor, que seja fácil, o que pode se tornar uma espera alienante. Nascer dói, mesmo assim não temos escolha. Se o bebê não nasce, morrerá. Nascemos e renascemos a cada instante, sem o que, estaremos abortando o próprio eu.


A vida se recicla a cada nascimento. O bebê é promessa. Promessa de imortalidade, caricatura da felicidade impossível. O filho, o neto, recicla a família e seus afetos. Nasceu Fernandinho, cheio de promessa e luz. É puro encanto aos olhos de todos que amam seu vir a ser. É promessa de ternura tanta, que chego a sentí-lo, sem ainda tê-lo tido nos braços.


Nasceu Nathan, que em hebraico significa “Deus me deu”. Os filhos são doações de Deus ao mundo necessitante de renovação, de paz, de ternura, de amizade. Seria pobre esse mundo, se os bebês não viessem dar-lhe nova luz! Popularmente diz-se que a mulher “dá a luz”. O bebê é a luz que a mulher dá ao mundo. Na sabedoria do povo, intui-se a renovação que um novo ser traz à vida. “Cada criança que vem ao Mundo diz: Deus ainda espera alguma coisa do homem” diz Tagore.


Quantos anônimos e geniais perdemos para o desumano mercado da morte a cada minuto.

Ivone
Amor à Vida