Ivone Leão

Google+ Followers

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Tom Jobim

8 de dezembro 20 anos sem você...

Poeminha pro Tom

Essa noite eu vi Tom Jobim ao piano, sua voz, gestos...
Seu relógio marcava quase onze horas
Num misto de céu e terra vi nele um anjo encarnado e lembrei
nesse momento a fala de um amigo que diz rezar pra Tom Jobim por ter feito dele
um homem melhor
Tom Jobim
Tom
Tom
Eu também de muito encanto emprestei seu nome a um filho meu
Simples até o último dia, traço das almas que sustentam a terra
pelas expressões de arte sementes todas da mente divina, Tom floresceu poesia
Seu relógio marcava quase duas entre recordados quando
deixou o piano que refletiu por todo o tempo às notas pretas na lente dos óculos
Jobinianos fundindo-se os cílios de encanto e encantado.
Tom sorriu se despedindo da equipe responsável por eternizar
aquele momento, de forma sutil, lembrando a passada hora de seu almoço.
E assim fiquei eu e os que restaram olhando a paisagem
externa da casa cercada de natureza onde nasceram “águas de março” e tantas outras preces...

Ivone Leão


Nenhum comentário: