Ivone Leão

Google+ Followers

segunda-feira, 31 de março de 2014

Abóbora desidratada petisco!


Quanto mais caminho pela vida novas pessoas com valores e ideais semelhantes aos meus vem surgindo!

Há uns dois anos conheci a Juliana com o pequeno Raul, empatia de cara o papo rolou redondo desde o inicio, depois conheci o maridão Sérgio, de um sorriso de propaganda de creme dental! E não demorou muito a Andréa, mãe da Ju! E acredite...Todos biólogos apaixonados pela Vida!

Tem mais biólogos que surgiram nos últimos anos, mas deles vou falar em outro momento, hoje vim pra passar uma receitinha pra lá de fácil que a Andrea, passou pra Ju que passou pra mim que adorei, recheei e ainda fotografei 'rs'!

Quando o assunto é modificar o cardápio diário especialmente sem o uso da carne a primeira pergunta que surge é - 'mas o que vou comer?' - Ora, ora, verduras, legumes, leguminosas, grãos, frutas, sementes e um extenso universo de vegetais que além de recuperar a saúde tem inúmeras possibilidades de preparo com deliciosos sabores!


  Abóbora levemente desidratada com a técnica do sal marinho  





Preparamos rapidinho nesse sábado na chácara dos 'Sundfeld Penido Moreira' sobrenomes para agradar a todos os antepassados e vim pra ensinar passar pra frente essa maravilha de petisco crudivorista, ou seja que não passa pelo processo de cozimento.

A abóbora que usamos foi da espécie que fica imensa muito usada no preparo de doces, mas colhida ainda 'filhote', entre os cultivos orgânicos do casal.


 Como preparar:  

Fatie e passe uma boa quantidade de sal MARINHO, deixando desidratar por trinta minutos aproximadamente.
Após o que lave bem em água corrente para retirar o excesso do sal.
Seque com um papel toalha ou um pano de cozinha bem absorvente.
As fatias de abobora vão ficar crocantes e muito saborosas.

Nós preparamos em forma de trouxinha recheada com Tofu (queijo de soja) temperado com shoyo.
 
Veja como ficou linda, de sabor delicado, e muito importante, saudável e nutritiva!


 

A abóbora é rica em:

carotenoides pró-vitamina A,

vitaminas do complexo B

cálcio

fósforo

De baixa caloria e rica em fibras a abobora tem propriedades medicinais como
combate da inflamação das vias urinarias
infecções dos rins,
inflamação do fígado e baço

vermífuga,
anti-febril,

Usada para combater náuseas a abóbora auxilia também nos problemas digestivos.

Nota importante: embora o processo da desidratação da abóbora seja feito com sal é importante ressaltar que sal marinho e não cloreto de sódio refinado para saber mais sobre o assunto acesse também nesse blog nos links a diferença entre o sal refinado e o sal marinho em relação à saúde e especial sobre cloreto de sódio, o sal de cozinha .

Matéria recomendada sobre a Abóbora e seus benefícios:
Estadão Vida e Saúde

Um grande abraço,
Ivone Leão
Apaixonada pela Vida

2 comentários:

Daniel Costa disse...

Ivone
Gosto muito dos teus conselhos, os procuro ler bem, para comparar com a minha base de alimentação. Desta vez tenho a dizer que abóbora apenas em geleia comi. De outro modo não gosto mesmo. Leite ou seus derivados, de qualquer espécie, nunca tomei.
Abraços

Ivone Leão disse...

Sempre é bom experimentar novos sabores não é mesmo Daniel! Tente este!! Não perde nada em não usar leite e derivados!! Importante é uma alimentação variada de bons nutrientes!! Beijo amigo querido!!