Ivone Leão

Google+ Followers

domingo, 25 de agosto de 2013

Vitiligo uma abordagem sobre o assunto!



O vitiligo é uma síndrome dermatológica que atinge pessoas ao redor do mundo independente de idade, raça ou classe social e apesar de não ser contagiosa leva a pessoa que por ele é acometida tornar-se alvo de discriminação social e a desenvolver outras doenças como a depressão.

Caracterizada pela perda da melanina, o pigmento que dá cor à pele, o vitiligo está associado com a diminuição da capacidade antioxidante da pele.


Fortes abalos emocionais tem demonstrado ser em muitas pessoas o fator que faz disparar os primeiros sinais do vitiligo. Altos níveis de poluição também tem demonstrado acelerar significativamente o processo de despigmentação da pele em trabalhadores que convivem nesses ambientes.


Alguns cuidados auxiliam na prevenção e controle do vitiligo como uma alimentação rica em vegetais crus como verduras, frutas, germinados, assim como cereais integrais por serem ricos em minerais e vitaminas sendo absorvidos pelo organismo de maneira fisiológica potencializando o metabolismo a responder positivamente.

Segundo observações do Dr. Omar Lupi em seu livro Dr. eu tenho Vitiligo a doença pode estar associado com várias outras doenças como alterações da tireoide, diabetes e algumas formas de anemia.




Pesquisadores da Universidade Hindu de Banares na Índia (onde é grande o número de casos de vitiligo) trabalham em uma investigação com um produto natural, a cura do Vitiligo a partir do Grão-de-bico; este alimento possui altos níveis de aminoácidos que promovem a síntese de melanina, para voltar a pigmentá-la e combater as manchas brancas características do vitiligo. Foi aplicado óleo de grão-de-bico diretamente na pele de 50 pacientes de 20 a 90 dias, nas áreas afetadas e a pele foi lentamente voltando ao normal ocorrendo significativamente melhora dos sintomas de vitiligo. Entre os voluntários um jovem alcançou a cura completa da doença em apenas 28 dias, comendo também o grão de bico regularmente. Esse trabalho foi desenvolvido a partir de orientações da medicina Ayurveda ciência milenar da Índia. E este é o caminho que mais me chamou a atenção e entre as informações que tenho encontrado dentro de minhas pesquisas sobre o vitiligo, a provável ou prováveis causas que fazem disparar a síndrome. A alimentação associada a estilo de vida e forma de metabolizar as emoções disparam a oxidação das células epiteliais provocando a sua despigmentação na não produção da melanina. 

O livro do Dr.um Omar Lupi em seu livro Dr. eu tenho Vitiligo contém um material bastante interessante sobre o assunto num olhar sob novas abordagens.


   Propriedades de Grão de Bico:   


O grão-de-bico apresenta quantidades significativas de todos os aminoácidos essenciais, exceto os aminoácidos com enxofre (como a metionina), que podem ser complementados por adição de cereais na alimentação.

O amido é o principal carboidrato presente no grão-de-bico, apresentando teores de amilose que variam entre 27 a 47%. O grão-de-bico também se destaca pelas fibras, apresentando teor total de 18-22g de fibras/100g do alimento, sendo de 4- 8g/100g de fibras solúveis e 10-18g/100g de fibras insolúveis.


Embora os lipídios estejam presentes em poucas quantidades, o grão-de-bico possui teores nutricionalmente importantes de ácidos graxos insaturados, como o ácido oleico (32,6%) ômega 9 os quais são vitais na construção da membrana celular, estando presente na epiderme e linoleico (51,2%) ômega-6 que diminui a perda de água trans-epidérmica e melhora as funções elásticas da pele. É utilizado como coadjuvante no tratamento de doenças inflamatórias da pele, como eczema atópico, psoríase e pele xerótica.

O grão-de-bico é uma fonte importante de minerais, principalmente cálcio, magnésio, fósforo e potássio, bem como de vitaminas, como a riboflavina, niacina, tiamina, folato e precursores de vitamina A (betacaroteno).


Bibliografia (s)

Jukanti AK, Gaur PM, Gowda CL, Chibbar RN. Nutritional quality and health benefits of chickpea (Cicer arietinum L.): a review. Br J Nutr. 2012;108 Suppl 1:S11-26.

Ferreira ACP, Brazaca SGC, Valter A. Alterações químicas e nutricionais do grão-de-bico (Cicer arietinum L.) cru irradiado e submetido à cocção. Ciênc. Tecnol. Aliment. 2006;26(1):80-88.

Você poderá gostar de uma receitinha de Bacalhau com Grão de Bico.


Abraço e até a próxima!


Ivone Leão

Apaixonada pela Vida!!



Nenhum comentário: