Ivone Leão

Google+ Followers

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Diálogo com o Divino




Deus que é Pai, Mãe, Irmão e Mestre
acolhe meu coração cansado
das dores da vida

 Deus, Pai Mãe
me ensina o eterno recomeço
me levanta, acolhe
 socorre meus dias e noites sem paz.

Mais um ciclo, um ano termina
em meu rosto as marcas acentuam a cada tempo
e o que dói hoje é a saudade dos primeiros sonhos
a ilusão do primeiro amor
a riqueza do primeiro filho nos braços
hoje homem feito, que de quem sou, esqueceu nos corredores do tempo.

Dói a lembrança de mim...

 ... que tantos esperanças tinha
que as usei uma a uma como lápis de cor
a refazer minhas estradas.

Hoje pela manhã ao abrir a janela
o dia lindo em todos os matizes
me convidou a novas esperanças
mas ao conferir na gaveta
meus lápis de cor se mostraram tão pequenos
que não consegui mais desenhar.

Por isso eu estou aqui Pai Mãe
de joelhos dobrados, braços vazios
pedindo...
me mande novos lápis de cor
para que eu consiga outra vez
redesenhar meus caminhos...





 Ivone
Ivone
Ivone
Ivone
Ivone
Ivone
Ivone
Ivone
Ivone







4 comentários:

Igor Zanoni disse...

A vida é um momento difícil, mas mesmo relações hoje não tão boas enriquecem a mente e a fazem forte, e a riqueza dos momentos passados criou nosso fôlego para chegar até aqui. Serenidade, paciência, paz
devem conviver com energia para a ação. Dia da semana: hoje, cor: todas, número da sorte: noves fora. Mr. Z.

Ivone Leão disse...

É isso mesmo todas as relações boas ou ruins nos instigam ao crescimento basta termos olhos de aprendiz!!

Melhor década da minha vida:A atual!!
Ms. I.

O Profeta disse...

Tenho no celeste uma estrela como minha
No contar das vagas formulo sempre um desejo
Acredito em tanta coisa estranha para outros
Sabem lá o que sinto toco e vejo

E falo sem que queira a palavra como resposta
E voo nas maravilhas que minha alma cria
E vivo na magia que me foi oferecida
Choro quanto pinto com as cores da alegria

Que Mundo este onde me colocaste Deus
Que vertigem esta procura apaixonante e sem descanso
Sei que as estrelas são teus luzeiros e olhos
E a minha estrada este…Mar Manso…

Um mágico novo ano


Abraço

Ivone Leão disse...

'Acredito em tanta coisa estranha para outros
Sabem lá o que sinto toco e vejo'

Vou pegar esses trechinhos como meus pois afinal quem sabe a poesia seja uma árvore de Deus onde colhem os poetas sua poesia...

Abraço e a você também!!