Ivone Leão

Google+ Followers

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Ai meu dedo!! Duelo de ir+mãos

   
   

Eu fui a primeira filha mulher de minha mãe que já tinha três meninos.

Crescer assim com posição desfavorável em relação ao sexo oposto, não foi muito fácil, as novidades chegavam sempre no quarto dos meninos, que ficava ao lado do meu, unidos, tinham até uma vitrola sempre em utilização numa época rica de musicalidade.

O som do corredor de casa era de Caetano, Gilberto Gil, Jeane Joplin, James Taylor, Bob Dilan, Beatles que eu menina ouvia encantada!

Costumava ficar de longe sem por a mão em nada.
Mas certo dia me atrevi a entrar no quarto pra ver a capa de um disco dos Beatles, o que me custou muito caro.

Meu irmão acima de mim chegou bem na hora me dando a maior bronca, eu assustada sai correndo pela casa com o disco na mão!!

Era próximo da hora do almoço e meu pai, dentista, tinha seu consultório num apartamento localizado atrás da casa principal, e não por acaso ele estava com um cliente na cadeira.

Imagine, eu com meu irmão correndo pela casa aos gritos que situação!

De repente ele segurou meu dedo indicador da mão direita numa ameaça para que eu largasse o tal disco, mas calculando mal a força, simplesmente o quebrou diante da minha mãe que atordoada acompanhava a cena toda sem ação, coitada!!

Quando olhei meu dedo ele  estava como uma cenoura dobrada em 'L'.

Cai no chão gritando todos os palavrões que existiam e mais alguns que inventei na hora, nisso chegou perto de nós o cliente que meu pai estava atendendo pra ver o que estava acontecendo, mas qual não foi a minha surpresa em ver que era justamente o pastor da igreja que frequentávamos, pensei comigo, ele nunca ouviu tanto palavrão na vida!!!

Imagino o que ele pensou vendo aquela cena no mínimo bizarrra!!!!

Nisso chegou o primogênito do lar, irmão querido, que me levou ao hospital pra cuidar daquela espécie de 'dedo legume' que apresentava um ossinho exposto!!!

Uáu ainda me dá arrepios ao lembrar!!

Balanço dessa confusão, mais de um mês com a mão imobilizada.

Mas uma coisa de bom eu tirei nisso tudo, aprendi a escrever com a mão esquerda rs...

Um beijo e até a próxima!!!

Ivone Leão

Apaixonada pela vida!!!

2 comentários:

Rosane ChonChol disse...

escreves muito bem amiga, por que não um livro?

Ivone Leão disse...

Especialmente vindo de você Ro, é um estimulo amiga querida!! obrigada!!